top of page

A maior articulação em rede de trabalhadores e trabalhadoras da América Latina.

Uma iniciativa da CUT, a maior central sindical do Brasil, da América Latina e a quinta maior do mundo, as Brigadas Digitais se organizam a partir de grupos de comunicação no whatsapp e fazem frente à ofensiva de que a classe trabalhadora tem sido vítima nos últimos anos, com desemprego, perda de direitos trabalhistas e sociais.


Percebendo que o debate público tem se concentrado cada vez mais nos meios digitais, a campanha ocupa esse campo de batalha para distribuir informação de qualidade e colocar em pauta os temas que interessam para quem trabalha.


Uma forma de comunicação em rede, onde os brigadistas se cadastram voluntariamente para receber e difundir conteúdos importantes classe trabalhadora.

Inclusão fácil e rápida de Brigadas e brigadistas

Através de site proprio do projeto Brigadas Digitais é possível participar, montar uma nova Brigada ou cadastrar um grupo já existente de forma facilitada, em menos de dez minutos. Lá, também são disponibilizados conteúdos, cartilhas e informações sobre a luta coletiva. Tudo dentro das regras da LGPD.

Informação para um novo Brasil

Campanhas temáticas ajudam a dinamizar a tônica da comunicação. "Somos o Brasil que trabalha" mostra a realidade de diferentes categorias de trabalhadores e trabalhadoras pelo Brasil. "O Brasil que o Brasil quer" frisa as necessidades e desejos da população.


Discutir salários e preços de itens fundamentais para a vida, direitos trabalhistas, reverberar notícias e falar de pautas que muitas vezes não parecem conectadas à rotina de trabalhadores e trabalhadoras, como meio ambiente e relações internacionais, são pontos tratados na comunicação.


Produção de filmes e seleção dos melhores conteúdos orgânicos da internet, além de materiais informativos sobre assédio eleitoral no ambiente de trabalho também foram disponibilizados e distribuídos.

facebook.com/cutbrasil
instagram.com/cutbrasil

Informar para reconstruir o Brasil

Combate às Fake News

CUT

Comunicação e operação, Monitoramento e gestão de dados


 


Em todas as mídias, em todos os lugares

Distribuir informação de qualidade, fortalecer a democracia e combater fake news a partir de uma rede de brigadistas digitais.

Resultados

Brigadas Digitais em números

Desde o lançamento, em março de 2022, até novembro do mesmo ano, foram cadastradas mais de 1000 Brigadas com milhares de brigadistas. Nas semanas anteriores às eleições, houve significativo aumento na criação de Brigadas, mostrando engajamento do público e potencializando a distribuição dos conteúdos.


Ampla produção e distribuição de conteúdos

Foram produzidos mais de 500 conjuntos de mídia e texto para envio e realizados quase 700 disparos de WhatsApp do lançamento até o início de novembro de 2022. Foram 72 vídeos produzidos no período de 10 meses.


Engajamento nas redes sociais - mais de 10 milhões de pessoas atingidas

Postagens furaram a bolha do público que já segue as páginas da CUT e atingiram números de alcance e engajamento fora do comum para as redes sociais da Central, alguns chegando a mais de 500 mil pessoas alcançadas e 75 mil engajadas de forma orgânica, sem patrocínio. Alguns conteúdos chegaram a alcançar 10 milhões de pessoas no Facebook e 7 milhões no Instagram.


Conscientização sobre direitos eleitorais, trabalhistas e sociais

Conteúdos patrocinados com informações sobre assédio eleitoral laboral, como denunciar e dicas práticas relacionadas às eleições atingiram mais de 7 milhões de pessoas no Facebook e mais de 10 milhões no Instagram.

bottom of page