top of page

O Instituto Declatra, após realizar a pesquisa sobre adoecimento nos locais de trabalho, descobriu que a maioria dos trabalhadores que relatavam problemas eram do setor de telemarketing, muitos de empresas terceirizadas. Surgiu a ideia de ampliar a campanha “Vitimas do HSBC” para dar voz a outras categoriais profissionais, ligadas às telecomunicações. Teve início o movimento “Vítimas das Teles”.


O debate sobre modelo de gestão e as consequências do assédio moral na saúde está sendo travado entre as entidades representativas e as empresas, com o objetivo de mostrar claramente que não se obtém mais resultados com a utilização de formas opressivas de produção e de controle.

Vítimas das teles

Você é uma vítima do assédio moral?

Declatra

Comunicação e operação



Em todas as mídias, em todos os lugares

Todos somos vítimas dos serviços de telemarketing, que invade o nosso cotidiano e privacidade e adoece as suas equipes de trabalho.

Resultados

100 MIL VISUALIZAÇÕES

Os três depoimentos de vítimas das empresas de telemarketing, reuniram cerca de 100 mil visualizações nas redes sociais, contando apenas com os canais oficiais. Além disso, os filmes foram espalhados por todo o Brasil através de redes como o whatsapp, e centenas de atendentes de telemarketing puderam ter acesso a estas histórias e encorajar-se a denunciar o assédio moral.


CENTENAS DE PESSOAS ATENDIDAS

Funcionários de telemarketing de todo o Brasil relataram suas experiências de sofrimento com assédio moral no trabalho, e o movimento pôde atuar junto às empresas e gerências destacando a importância de mudar este modelo de gestão.

bottom of page